Veja se é vantajoso comprar imóvel direto com o proprietário

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Adquirir um imóvel próprio é o sonho de muita gente. Quando aparece uma oportunidade que parece vantajosa, a vontade de concretizar esse sonho pode desviar o foco da segurança na negociação — nesses casos, comprar imóvel direto com o proprietário pode parecer uma solução mais rápida, barata e simples.

Mas será que é mesmo? Neste texto, vamos falar das vantagens e dos riscos de uma compra de imóvel direta. Também vamos comparar essa opção com os benefícios de contar com uma imobiliária. Acompanhe e tire suas dúvidas!

Comprar imóvel direto com o proprietário: será mesmo vantajoso?

Comprar imóvel direto com o proprietário era muito comum no passado: conhecidos indicavam oportunidades, a negociação era feita boca a boca e os processos corriam rápidos. Por esses motivos, faz parte do senso comum achar que essa opção é mais descomplicada.

De fato, podemos dizer que a compra sem intermédio de corretores ou de um escritório de imobiliária tem alguns atrativos, como:

  • menos burocracia: muitas vezes há dispensa até da análise de documentos do comprador;
  • mais flexibilidade: a negociação é mais pessoal, então aspectos como a escolha da garantia e o prazo para pagamento podem ser flexibilizados;
  • custo mais baixo: como o proprietário não precisa cobrir os custos com intermediários, pode ofertar o imóvel um pouco mais barato.

Tudo isso parece muito interessante para o comprador. Mas acontece que, no universo imobiliário, todo o cuidado é pouco. As imobiliárias foram surgindo e se popularizando justamente porque resolvem grandes problemas típicos das negociações particulares.

Veja um comparativo com os riscos que cada uma dessas vantagens traz para o comprador:

  • processos burocráticos existem por uma razão — eles tornam tudo mais seguro. A falta de análise de documentos, vistoria e verificação da situação legal do bem pode virar sinônimo de problemas no futuro;
  • você pode até ter mais flexibilidade para combinar o valor com o proprietário, mas assim como isso pode beneficiar o comprador, também pode prejudicá-lo — um preço muito abaixo do mercado, mas o imóvel com sérios problemas estruturais ou, ainda, um valor mais alto do que é justo;
  • como o proprietário não precisa arcar com os custos da imobiliária, pode até cobrar um valor mais baixo, mas exigir do comprador o reembolso de taxas e de documentações que na, verdade, seriam de responsabilidade dele em um processo intermediado.

E quais são os principais riscos desse tipo de compra?

Essas três vantagens de comprar imóvel direto com o proprietário nem sempre compensam os riscos — que não são poucos. Afinal, estamos falando de um bem de valor alto e cuja compra pode representar uma dívida de longa data. Veja algumas das preocupações!

  • falta de idoneidade do proprietário: mesmo que o vendedor seja um conhecido seu, não há como garantir que toda a negociação não seja um golpe;
  • retrabalhos por falta de conhecimento técnico: dificuldades com aspectos jurídicos podem levar a um processo cheio de erros, retrabalhos, dores de cabeça e custos desnecessários;
  • inconsistências na situação do imóvel: muitas vezes, nem mesmo o proprietário sabe de algum débito ou ação em curso. Inconsistências na situação do imóvel podem representar grandes problemas para o comprador no futuro;
  • dificuldade na definição do valor: é claro que, como a negociação é pessoal, cada parte vai querer se sair beneficiada. Por isso, pode haver grande dificuldade em definir o preço do imóvel que seja realmente justo;
  • discordâncias e atritos: até onde vai a responsabilidade do proprietário com esses processos e quando começa a do comprador? Sem intermédio, a negociação pode virar sinônimo de sérias discordâncias e atritos entre as partes.

Quais são os benefícios de contar com uma imobiliária?

Quando a compra do imóvel é intermediada por uma imobiliária, muitos problemas são evitados ou resolvidos mais rapidamente. Afinal, profissionais especializados nesse mercado sabem bem de sua atuação e conhecem todos os trâmites legais. Por isso, veja os benefícios de ter essa assistência.

A imobiliária conhece o mercado

Se o proprietário for bastante convincente, você pode se deixar levar pelos argumentos dele e acabar fechando o negócio sem conhecer outras opções. Já a imobiliária não se prende a um único imóvel, conhece o mercado e a região em que atua. Por isso, pode apresentar várias alternativas vantajosas para o comprador.

Há o intermédio na relação com o proprietário

Quando o processo de compra é mediado por uma imobiliária, quase não há contato direto entre o comprador e o proprietário. Dessa forma, qualquer discordância é democratizada e a comunicação se torna mais impessoal, ideal para negociações financeiras que exigem um bom relacionamento.

Os corretores são especialistas na legislação

Como a imobiliária é especialista em venda de imóveis, conhece todos os detalhes jurídicos desse tipo de negociação. Desse modo, o pagamento de taxas, a análise de documentos, os procedimentos em cartório e demais burocracias são mais ágeis.

Mesmo quando esses processos não são realizados diretamente pelo escritório, as partes envolvidas são orientadas de acordo com o conhecimento dos corretores. Assim, todos os trâmites correm mais rapidamente e com toda a segurança.

As vistorias são altamente detalhadas

Antes de formalizar a venda, a imobiliária faz uma vistoria no imóvel — com todos os detalhes sobre as condições para habitação, eventuais problemas que exigem atenção e manutenções pendentes. Esse procedimento garante clareza sobre a real situação do bem negociado.

O contrato é feito com mais agilidade

Por fim, o contrato de compra e venda é redigido com pormenores, seguindo toda a legislação e de forma impessoal, de modo que nem uma das partes tenha seus direitos e deveres relativizados. No documento, constam:

  • o laudo de vistoria completo e detalhado;
  • os termos da negociação, incluindo valor e prazo;
  • todos os dados das partes envolvidas;
  • cláusulas especiais sobre o descumprimento do contrato;
  • especificações para casos de rescisão contratual etc.

Como vimos, comprar imóvel direto com o proprietário tem, sim, suas vantagens. Porém, os riscos também devem ser considerados, pois carregam grandes consequências. O ideal é contar com uma imobiliária de confiança para que tudo seja mais seguro e também mais ágil.

Além de se preocupar com o processo de compra, é fundamental avaliar bem a localização do imóvel, não é? Por isso, veja quais os melhores lugares para morar em SP e faça uma boa escolha!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-